Mercado de Trabalho

Área de atuação profissional: 10 dicas para uma escolha de sucesso

Por Redação   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

Saber qual área profissional seguir é um desafio para muitas pessoas.

A indecisão e insegurança sobre qual caminho seguir pode gerar ansiedade. Porém, é muito importante que esse momento de escolha não seja turbulento. É preciso de calma e muita reflexão.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas para ajudá-lo a fazer uma escolha mais assertiva e consciente. Confira!

Neste artigo, você vai conferir:

1. Faça uma autorreflexão
2. Faça um teste de personalidade
3. Defina qual área do conhecimento você mais gosta
4. Pense nas suas habilidades
5. Pense em quais são os seus interesses
6. Pergunte para outras pessoas
7. Faça listas
8. Reflita em qual missão você gostaria de estar engajado
9. Pense no ambiente de trabalho que você procura
10. Conheça o mercado de trabalho
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis

1. Faça uma autorreflexão

A primeira chave para escolher uma área de atuação profissional é conhecer a si mesmo e quais são os seus pontos fortes e fracos. Quando você sabe exatamente os seus gostos e preferências, você está preparado para escolher uma carreira gratificante que combine com os seus talentos. Abaixo estão algumas perguntas que podem ajudá-lo a aprender mais sobre você.

2. Faça um teste de personalidade

Os testes de personalidade são ótimas maneiras de refletir um pouco sobre si mesmo.

Na internet, há uma infinidade de testes gratuitos, como o 16Personalities, que traz uma série de perguntas para reflexão, dura menos de 12 minutos e, ao final, apresenta uma resposta sobre o seu tipo de personalidade.

Porém, se você deseja um conhecimento mais aprofundado, pode procurar ajuda profissional, como de um psicólogo ou de um orientador profissional.

3. Defina qual área do conhecimento você mais gosta

Na escola, todo mundo tem mais afinidade com determinadas disciplinas do que com outras. Há o pessoal das "exatas'', que preferem matemática, física e química, das “humanas”, que adoram português, literatura, filosofia, sociologia e artes e o pessoal das “biológicas” que gostam da biologia.

Que tal pensar nessas áreas e conferir as profissões de cada uma? Como:

📚 Ciências Humanas:

  • Direito
  • Filosofia
  • História
  • Jornalismo
  • Letras
  • Publicidade e Propaganda
  • Relações Públicas
  • Sociologia

💻 Ciências Exatas:

🧬 Ciências Biológicas:

  • Biologia
  • Biomedicina
  • Educação Física
  • Enfermagem
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Medicina
  • Odontologia

No entanto, tenha cuidado. Ser bom em matemática não significa que você terá sucesso como programador. Existem outros fatores que podem afetar a satisfação no trabalho, como sua personalidade, valores e estilo de vida que o trabalho oferece.

Por exemplo, você pode ser um extrovertido que odeia trabalhar sozinho, o que pode tornar a programação entediante para você.

4. Pense nas suas habilidades

Você é reconhecido por escrever bem? Sabe se comunicar com facilidade? Faz cálculos com agilidade? É um excelente cozinheiro ou, ainda, um organizador de eventos nato?

Que tal apostar o seu talento para o futuro profissional? Tente pensar em coisas nas quais você é bom e como elas se encaixam com determinadas profissões.

5. Pense em quais são os seus interesses

Um ponto de partida para saber qual área de atuação profissional seguir é pensando nos seus gostos e interesses. O trabalho representa uma parte significativa dos nossos dias, dessa forma, a satisfação pessoal deve ser levada em conta.

Como ponto de partida, pense em áreas que trazem “brilho nos olhos” para a sua vida e motivação para o futuro.

6. Pergunte para outras pessoas

Uma ótima maneira de identificar seus pontos fortes e fracos é perguntar para pessoas próximas, como amigos e familiares.

O processo de compartilhar experiências com outras pessoas faz com que os nossos próprios caminhos sejam esclarecidos.

Porém, não deixe que a sua decisão seja influenciada pela opinião de outras pessoas. Lembre-se que a área de atuação profissional é uma escolha única e exclusivamente sua, pois se refere ao seu futuro e a sua satisfação pessoal.

7. Faça listas

Depois que você conhece a si mesmo, é possível partir para uma reflexão acerca da área de atuação profissional.

Pense nas carreiras que atraem você ou nas carreiras que você enxerga boas perspectivas de empregabilidade e anote-as num papel. Depois,

Se estiver difícil, você pode fazer o caminho inverso. Liste os empregos que detestaria ter para não perder tempo perseguindo-os.

8. Reflita em qual missão você gostaria de estar engajado

Todo trabalho envolve missões.

Na área da saúde, a missão é ver o bem-estar das pessoas. Já na área da publicidade, oferecer soluções criativas. Na educação, a missão é fazer com que as pessoas aprendam e sejam independentes e felizes.

Pense em qual projeto você gostaria de engajar esforços e colaborar. Com certeza, a remuneração importa, porém, é preciso de outro fator que o inspire e traga felicidade no trabalho.

Grupo conversando em ambiente de trabalho

9. Pense no ambiente de trabalho que você procura

Você gostaria de trabalhar em equipe ou prefere trabalhos mais individuais?

Pense em áreas de atuação e no modo como você gostaria de trabalhar.

Profissões como desenvolvedor permite que você trabalhe de forma autônoma, com foco total. Já profissões como professor, você precisa ser comunicativo e lidar diariamente com pessoas.

10. Conheça o mercado de trabalho

Um bom caminho para escolher sua área de atuação profissional é pesquisando mais sobre o mercado de trabalho. Nos mecanismos de busca, no LinkedIn e nos sites de emprego, busque quais são as profissões mais requisitadas e as perspectivas para o futuro.

Abaixo, vamos mostrar as tendências profissionais de algumas áreas, conforme o Guia Salarial 2021, publicado pela Robert Half.

Tecnologia

Posições em destaque:
  • Segurança da informação
  • Cientistas /engenheiros de dados
  • Desenvolvedores /engenheiros de software
  • Infraestrutura / Cloud
  • Business Intelligence

Setores em destaque:

  • Mercado financeiro / Seguros
  • Tecnologia
  • Educação / EAD
  • Telecom / internet
  • Varejo / e-commerce

Finanças e Contabilidade

Posições em destaque:

  • Tesouraria – coordenador e gerente
  • Contabilidade / Fiscal – analista e coordenador
  • Fusão e aquisição - gerente
  • Controles internos – coordenador
  • Planejamento financeiro / Controladoria – analista e coordenador


Setores em destaque:

  • Agronegócio
  • Tecnologia
  • Saúde (farma / dispositivos médicos / hospitais / planos de saúde etc.)
  • Alimentos e bebidas
  • Mineração

 

Mercado financeiro

Posições em destaque:
  • Fusões e aquisições – analistas e associados
  • Crédito / reestruturação de dívidas – analistas
  • Finanças – analistas, gerentes e CFO
  • Riscos/ compliance / auditoria – gerentes e diretores
  • Analista de back office 

Setores em destaque:

  • Bancos em reestruturação ou adaptação digital
  • Fundos de investimentos / private equities
  • Fintechs
  • Meios de pagamentos

 

Seguros


Posições em destaque:

  • Produtos – analistas e especialistas
  • Atuarial – analistas, especialistas e gerentes
  • Precificação – analistas e especialistas
  • Finanças – analistas, gerentes e CFO

Setores em destaque:

  • Seguros para infraestrutura
  • Seguros para agronegócio
  • Tecnologia

 

Engenharia

Posições em destaque:

  • Comprador
  • Engenheiro de aplicação
  • Gerente de operações
  • Gerente de supply chain
  • Gerente de projetos

Setores em destaque:

  • Saúde
  • Alimentos e bebidas
  • Tecnologia / Logística
  • Infraestrutura
  • Mineração

Vendas e Marketing

Posições em destaque:

  • Head of growth
  • CX (customer experience)
  • Executivo de vendas
  • Gerente comercial
  • Gerente de e-commerce

Setores em destaque:

  • Tecnologia / startups
  • Logística / e-commerce
  • Alimentos e bebidas
  • Educação
  • Saúde

Recursos Humanos

Posições em destaque:

  • Remuneração e benefícios – de especialistas a gerentes seniores
  • Business Partner – de coordenadores a gerentes seniores
  • Departamento pessoal – todos os níveis
  • Gerentes de RH generalistas
  • Head de RH

Setores em destaque:

  • Energia
  • Farmacêutica
  • Bens de consumo
  • Logística
  • Agronegócio

 

Jurídico

Posições em destaque:

  • Generalista de empresa
  • Advogado contencioso cível
  • Advogado trabalhista
  • Advogado tributário
  • Advogado contratual

Setores em destaque:

  • Farmacêutico
  • Agronegócio
  • Tecnologia
  • Logística
  • Energia

>>> Conheça as profissões em alta no pós-pandemia

Conclusão

Neste artigo, conferimos dez dicas para definir em qual área de atuação profissional é possível seguir.

Apesar de ser uma escolha decisiva, não deixe que a ansiedade tome conta dos seus pensamentos. Reflita bastante, pesquise muito e, acima de tudo, pratique o autoconhecimento.

Dessa forma, você estará preparado para fazer uma escolha assertiva e com muito êxito.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite para conferir outros artigos sobre mercado de trabalho e educação no blog EAD FAESA.