Mercado de Trabalho

Avaliação de desempenho individual: como anda o seu trabalho?

Por Redação   | 

 Tag: Mercado de Trabalho

A Avaliação de Desempenho Individual é uma ferramenta muito importante dentro de uma empresa. 

A partir dela, é possível entender a percepção dos colaboradores e das lideranças sobre o trabalho e o que ainda pode ser aprimorado dentro dos processos. 

Essa avaliação está se tornando cada vez mais comum, mas muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre seu conteúdo. 

Que tipo de informação precisa ser colocada? Qual feedback um colaborador pode fornecer ou solicitar? Como fazer uma autoavaliação? 

Por isso, neste artigo, você vai entender mais sobre essa ferramenta e como avaliar seu trabalho e sua carreira da melhor forma!

Você vai conferir:

Como funciona a avaliação de desempenho individual nas empresas
Tipos de Avaliação de Desempenho Individual
A importância da avaliação de desempenho individual
O que deve constar na avaliação de desempenho individual
Hora de desenvolver o Plano de Desenvolvimento Individual

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Como funciona a avaliação de desempenho individual nas empresas 

A Avaliação de Desempenho Individual é uma das maneiras que as lideranças e gestores têm de avaliar o trabalho de seus colaboradores. 

Pode ser aplicada de gestores para colaboradores, mas também pode ser feita a partir de uma autoavaliação, o que está se tornando cada vez mais comum.  

Ou seja, os próprios colaboradores avaliam seu trabalho, levando em consideração suas funções, se estão satisfeitos ou não ou onde querem chegar em suas carreiras.  

Assim, refletem sobre sua performance e entregas, além de perceberem pontos de melhorias não apenas para eles, mas para toda a equipe e liderança.  

Existem diversas maneiras de se fazer a Avaliação de Desempenho Individual, considerando tanto o tipo de análise quanto suas etapas. 

A autoavaliação é apenas uma delas, mas outros modelos também são comuns, como veremos a seguir. 

Tipos de Avaliação de Desempenho Individual 

Existem diversas maneiras de aplicar a avaliação de desempenho individual, especialmente quando se leva em consideração as informações mais relevantes para análise no momento. 

Por isso, podem existir tipos diferentes de análise de desempenho individual. Os tipos mais comuns são: 

  1. 360º;
  2. autoavaliação;
  3. avaliação por competência;
  4. avaliação por resultado;
  5. escala gráfica.

Confira, a seguir, como cada uma dessas tipologias funciona e o que deve estar presente em cada um dos documentos. 

1. Avaliação 360º 

É a mais utilizada dentro das empresas, pois leva em consideração a avaliação de diversos pontos de contato com o colaborador. 

Assim, é possível ter uma ideia mais ampla sobre seu trabalho, considerando diferentes perspectivas. 

Exige responsabilidade de todas as partes para que seja o mais imparcial possível.  

2. Autoavaliação 

É realizada pelo próprio colaborador, que reflete sobre seu desempenho de acordo com os pontos detalhados da avaliação. 

Aqui, precisa-se levar em consideração o trabalho individual, ou em equipe, a qualidade das entregas, entre outros pontos. 

Também é o momento de indicar possíveis mudanças esperadas e os objetivos futuros de carreira.  

3. Avaliação por competências 

Nessa avaliação, algumas competências esperadas do profissional são pré-determinadas. 

O trabalho será avaliado de acordo com essas competências no dia a dia, considerando tanto o conhecimento técnico quanto as habilidades comportamentais.  

4. Avaliação por resultados 

É uma avaliação de desempenho individual baseada no cumprimento de objetivos e metas organizacionais da empresa. 

Esses objetivos são definidos, geralmente, em conjunto com o gestor, que também indica os melhores caminhos para o cumprimento da meta. 

É importante ter em vista que essas métricas precisam ser possíveis e de acordo com a realidade.  

5. Escala gráfica 

É bastante utilizado pela simplicidade, além de poder ser aplicada tanto na autoavaliação quanto para os gestores. 

Nada mais é do que o preenchimento de formulários em colunas considerando valores, habilidades, comportamentos, atitudes, entre outros pontos. 

A avaliação é feita com preenchimento de péssimo, ruim, regular, bom ou ótimo. 

Por ser uma ferramenta bastante simples, também não traz informações tão aprofundadas, mas fornece uma visão geral.

Avaliacao de desempenho individual como andam suas entregas no trabalho

A importância da avaliação de desempenho individual 

A avaliação de desempenho individual é de suma importância dentro de uma empresa que deseja crescer e manter sua equipe motivada. 

Isso porque, a partir dela, é possível pensar em soluções para processos, melhorias na equipe e também no crescimento do colaborador dentro da empresa. 

Em uma autoavaliação de desempenho individual é possível que o colaborador consiga expressar de maneira mais clara seus objetivos na organização, assim como dificuldades, propostas de melhorias e feedbacks sobre o ambiente de trabalho.   

Dessa maneira, a avaliação de desempenho individual traz diversos benefícios para a empresa e para o colaborador, como:

  • analisar o potencial de cada profissional de maneira específica; 
  • Acompanhar os objetivos do colaborador na empresa; 
  • permite que os funcionários mostrem suas realizações na equipe; 
  • permite que mais gestores conheçam os potenciais dos colaboradores;
  • torna claro quais são os pontos fortes e fracos de cada um; 
  • possibilidade de construir equipes mais engajadas, considerando as habilidades técnicas e comportamentais; 
  • melhora a motivação dos colaboradores e dos gestores.  

O que deve constar na avaliação de desempenho individual 

Na hora de fazer a avaliação de desempenho individual, seja uma autoavaliação ou não, alguns pontos não podem ser deixados de lado, como: 

  • metas individuais alcançadas nos últimos meses; 
  • objetivos que não foram cumpridos (e razões para isso); 
  • progresso e realizações;  
  • impacto do trabalho na equipe e na empresa;
  • pontos de dificuldade e pontos fracos;
  • pontos que merecem atenção nos próximos meses; 
  • análise geral das habilidades comportamentais;  
  • análise da relação com outras pessoas da equipe; 
  • principais motivações;
  • o que pode ser feito para melhorar os pontos fracos e aprimorar os fortes;  
  • feedbacks gerais sobre o trabalho e dificuldades nos processos.  

Hora de desenvolver o Plano de Desenvolvimento Individual 

Além da avaliação de desempenho individual, outra ferramenta muito importante (e relacionada com a primeira) é o Plano de Desenvolvimento Individual. 

Nada mais é do que um documento em que a pessoa detalha seus planos futuros para a carreira, pensando em pontos a serem melhorados para atingir esses objetivos. 

O plano de desenvolvimento individual está relacionado com a avaliação pois muitos dos pontos a serem melhorados podem ser medidos pela análise prévia. 

Um exemplo é quando uma das dificuldades são as habilidades técnicas para crescer na carreira. Ou seja, é preciso focar em melhorar as capacidades e conhecimentos técnicos para traçar o caminho que deseja. 

Uma das maneiras de fazer isso é com uma pós-graduação, que melhora o currículo e ainda contribui com esse conhecimento mais específico em uma área.  

E hoje em dia é possível fazer uma pós-graduação na modalidade EAD, sem sair de casa e estudando quando puder, de acordo com a sua rotina. 

No EAD FAESA o programa Pós +Carreira ainda fornece 1 certificado novo a cada 3 meses de curso, para você potencializar seu currículo antes mesmo de terminar a pós. 

Conheça mais sobre o Pós +Carreira EAD FAESA e coloque em prática as melhorias da sua avaliação de desempenho individual!

Leia também: