Enem

Como começar a estudar: veja como se organizar para a faculdade

Por Redação   | 

 Tag: Enem

Você sabe como começar a estudar? Quando temos uma rotina apertada, ou passamos muito tempo longe dos estudos, é normal se sentir perdido na hora de voltar a estudar.

Porém, isso não deve ser motivo para desânimo! Quando estamos focados, qualquer obstáculo pode ser passado com facilidade e de forma simples.

Com isso, o ideal é sempre avaliar onde você deseja chegar, traçar objetivos e analisar de antemão quais obstáculos você poderá encontrar pelo caminho. Essa é a melhor forma de se preparar para qualquer adversidade!

Pensando nisso, separamos algumas dicas para te ajudar na jornada de retorno aos estudos! Então, basta apertar os cintos e continuar lendo aqui!

Você sabe como começar a estudar? Dependendo do ritmo que se encontra a nossa vida, pode ser um desafio dar o primeiro passo! Então vem ver as dicas que preparamos para começar agora!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis

Pesquise sobre o curso e faculdade 

Antes de começar sua jornada, é altamente recomendado que você pesquise tudo sobre o curso que você deseja fazer e a faculdade que você deseja ingressar.

Essa pesquisa inicial vai te dar segurança para investir seu tempo e seu dinheiro, e não economize nos métodos de pesquisa. Fale com ex-alunos da faculdade, procure referências na área que você deseja ingressar e entenda até onde você pode crescer na área desejada. 

Por isso, nunca pule esta etapa de extrema importância, tanto para sua jornada de estudos, quanto para sua carreira pós formado! Isso pode fazer toda diferença na sua rotina e no seu futuro.

Escolhendo o curso 

Caso você já tenha em mente uma área, ou até mesmo um curso, é ideal que você pesquise tudo sobre as áreas de atuação, possibilidades da carreira, e até mesmo os cargos e salários que você poderá encontrar no mercado de trabalho.

Com isso, você se prepara da melhor forma e já entende as possibilidades de especialização para o curso escolhido.

Mas também é possível que você não saiba qual área ou qual curso deseja ingressar, e isso é normal! Nesse caso, é válido pesquisar todas as matérias que você se sente mais familiarizado e começar por aí. Em alguns casos, também é válido buscar ajuda vocacional de um psicólogo, que pode te ajudar a traçar um caminho para começar.

>>> Escolheu o curso errado? Veja como trancar a faculdade

Escolhendo a faculdade 

Após a escolha do curso, é hora de escolher a faculdade que você deseja ingressar e investir seu dinheiro. E, para isso, é necessário também que você pesquise tudo sobre a faculdade.

Uma boa instituição de ensino oferece todo o suporte necessário durante o curso, conta com profissionais e corpo docente qualificado para ensinar o conteúdo da melhor forma possível.

Além disso, verifique também se a faculdade possui estrutura para oferecer o seu curso. Alguns cursos específicos precisam de aulas práticas, ensino em laboratório, estágios obrigatórios e trabalho de conclusão de curso.

Escolher o melhor formato de ensino para sua necessidade também pode ser um desafio:

como-comecar-a-estudar

EAD

A modalidade EAD, também conhecida como ensino a distância, é considerado o formato que mais vem crescendo na preferência dos alunos nos últimos anos. E não é à toa! O modelo de ensino fornece muito mais flexibilidade, liberdade e praticidade para o estudante.

Ele funciona de forma que 80% ou mais da grade curricular seja feita de forma online e a distância, enquanto os 20% ou menos restantes se reservam para provas presenciais, trabalhos e aulas práticas.

Dessa forma, o aluno tem a praticidade de fazer os próprios horários de estudo, ficando livre para conciliar com outras obrigações do dia a dia, como trabalho, família, entre outros.

Saiba mais sobre o EAD:

Presencial

O ensino presencial é o ensino tradicional que os alunos já estão acostumados. Nesta modalidade, toda grade curricular é feita de modo presencial, na faculdade.

Uma grande vantagem dessa modalidade é ter toda experiência presencial com o professor e com os colegas de sala. Desse modo, você ganha experiência em socialização, consegue fazer networking na sua área de estudo, tira todas as dúvidas direto com o professor e sai ganhando.

Porém, quando comparado a modalidades mais flexíveis, o aluno poderá perder um pouco da praticidade e do tempo, além de ser um pouco mais cara e ser necessário buscar uma faculdade que não seja muito afastada de onde você mora, limitando um pouco as possibilidades.

Semipresencial 

A modalidade semipresencial, também conhecida como híbrida, como o próprio nome já diz, trata-se de um formato onde uma parte da grade é feita online e a distância, enquanto a outra parte é totalmente presencial.

Ao contrário do que muita gente imagina, a divisão não é feita pela metade, 50% a distância e 50% presencial. Essa divisão pode variar dependendo do curso escolhido. Alguns cursos podem ser feitos majoritariamente a distância com apenas algumas matérias online, e vice-versa.

As vantagens dessa modalidade é poder englobar o melhor dos dois mundos: a experiência presencial com colegas e professores e a flexibilidade de poder fazer os próprios horários de estudo.

Organize-se financeiramente

Após pesquisar tudo sobre o curso escolhido, sobre a sua futura área de atuação e sobre a faculdade que você investirá o seu tempo e dinheiro, é hora de pensar sobre o dinheiro.

É imprescindível que você se organize financeiramente no longo prazo, principalmente caso opte por uma faculdade particular.

Apesar de cursos semipresenciais e a distância terem um valor menor comparado a presenciais, eles geralmente são oferecidos em instituições privadas, e você irá se comprometer com a mensalidade por um longo período de tempo.

Na hora de se organizar financeiramente, leve em conta também o período que você deseja iniciar os estudos. Algumas instituições podem oferecer descontos sazonais, onde o curso sairá por um valor menor, promocional. Busque sempre aproveitar esses momentos.

Pesquise sobre bolsas de estudos 

Como citamos no tópico anterior, é sempre recomendado ficar atento às datas sazonais, como início do ano letivo, dia do estudante, black friday, entre outras, pois é quando as instituições mais oferecem bolsas de descontos para ingressar em uma faculdade superior.

Além disso, também pesquise sobre as modalidades de bolsas de estudo. É comum que instituições também ofereçam bolsas sociais, para quem está em uma faixa de renda baixa, ou estudou em escola pública.

Dessa forma, você pode aumentar suas chances de conseguir economizar no seu retorno, conseguindo descontos e condições especiais para estudar em boas instituições de ensino superior.

>>> Leia também: Como funciona a nota de corte do Prouni

enem inep

Prepare-se para o Enem e/ou vestibular 

Uma outra dica para voltar aos estudos é sempre se preparar com antecedência para os processos seletivos que acontecem anualmente, seja o Enem ou vestibular escolhido.

Para isso, busque os editais das provas, e sempre estude as matérias e temas indicados. Faça um cronograma de estudos baseado em cada prova e cada matéria que irá cair, e tenha disciplina para se manter focado no seu objetivo.

Em uma boa parte das instituições, tirar uma nota alta no ENEM ou vestibular também pode garantir benefícios de descontos e bolsas de estudo, além de garantir uma vaga no curso desejado, independentemente da concorrência.

Organize seu tempo para estudar 

Além de se preparar escolhendo curso, instituição e focando nas provas, também comece a organizar o seu tempo de estudos.

Caso opte por uma faculdade presencial, separe o tempo diário que você irá passar nas aulas, e separe também um tempo para estudar em casa as matérias da aula.

Caso escolha uma formação a distância, pense em um tempo para assistir as aulas, fazer as atividades, revisar o conteúdo e tirar suas dúvidas com o tutor EAD. 

Essa organização deve ser pensada a longo prazo, e não pode conflitar ou pesar na sua rotina.

>>> Leia também: 8 dicas para manter a concentração na hora dos estudos

Tenha em mente que faculdade é investimento no futuro 

Voltar a estudar e ingressar em uma faculdade é um investimento feito a longo prazo, e pode custar muito mais do que apenas dinheiro.

Começar uma faculdade pode interferir na sua rotina diária, no seu tempo, na sua vida social e até mesmo na relação com amigos e família.

Porém, os frutos que você irá colher deste investimento podem mudar a sua vida para melhor!

Abra-se para as oportunidades 

E claro, nem sempre tudo será sobre investimento. Quando você se entrega a algo, como os estudos, e quanto maior a sua dedicação, mais oportunidades você pode colher nessa jornada!

Portanto, se abra para as oportunidades mesmo antes de terminar o seu curso de graduação. É comum conseguir vagas de estágio e trainees ainda durante a faculdade, e ser efetivado em seguida por ter um bom rendimento.

Mas, para isso, sua dedicação deve ser alta, e você deve sempre estar aberto a essas novas oportunidades.

Conclusão 

Quando falamos em como voltar a estudar, algumas questões podem parecer difíceis ou complicadas nessa jornada.

Porém, quando colocamos tudo na ponta do lápis, desde o curso escolhido, passando pela faculdade, a modalidade de ensino, as provas, e até mesmo o tempo necessário, o caminho começa a ficar mais claro.

Por isso, não se deixe abater pelas adversidades, os obstáculos do caminho podem ser vencidos com muita organização a longo prazo, planejamento e dedicação!

Dessa forma, voltar a estudar pode passar de um desafio para um poço de ótimas oportunidades, onde você só tem a ganhar!

Ficou interessado em como começar a estudar? Então, conheça como ingressar na FAESA, o melhor centro universitário do Espírito Santo e um dos melhores do Brasil. Acesse: Como Ingressar.

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.


📖 Você pode se interessar também: