Ensino Superior

Escolheu o curso errado? Veja como trancar a faculdade

Por Redação   | 

 Tag: Ensino Superior

A graduação não está mais funcionando e você acha que vai precisar trocar de curso? Confira aqui como trancar a faculdade. 

O trancamento de curso é um recurso disponibilizado pelas instituições de ensino que suspende a sua matrícula por até dois anos. 

Dentro desse período, você pode escolher se quer trocar de curso, trocar de instituição de ensino ou continuar a graduação de onde parou. 

Pensando em ajudar você a entender melhor esse processo, trouxemos neste artigo informações sobre como trancar a faculdade, como saber que chegou esse momento, quais podem ser suas alternativas e o que fazer depois de trancada a faculdade. 

Você vai conferir: 

O que significa trancar a faculdade? 
O que leva um aluno a trancar a faculdade 
Antes de trancar a faculdade, conheça algumas soluções
Trancar a faculdade é um direito de todo estudante 
Passo a passo para trancar a faculdade 
Faculdade trancada, o que fazer agora? 
Conclusão 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que significa trancar a faculdade?

Quando alguém fala sobre trancar a faculdade, está falando sobre um recurso que as instituições de ensino disponibilizam, que é de interromper o curso de graduação por certo período. 

A maioria das faculdades permite que os alunos tranquem um curso por dois anos.

Dentro desse período não é necessário pagar as mensalidades e o aluno também não precisa frequentar as aulas. 

Caso decida voltar a estudar dentro desse período, ele retoma o curso de onde parou.

Porém, se decidir voltar depois do prazo, precisa retornar ao primeiro semestre. 

Um aluno que tranca a faculdade tem duas opções: retornar para finalizar a graduação ou pedir transferência para um novo curso ou instituição. 

E nesse segundo caso, vai precisar cursar a graduação desde o início, talvez aproveitando algumas disciplinas da grade curricular. 

O recurso do trancamento, normalmente, é disponibilizado pelas instituições a partir do segundo semestre da graduação. 

Qual é a diferença entre cancelar e trancar a faculdade? 

Cancelar a faculdade e fazer o trancamento são duas solicitações bastante parecidas, mas que tem objetivos e consequências diferentes. 

Por exemplo, enquanto trancar a faculdade significa dar uma pausa nas atividades para retomar depois, cancelar significa cortar de vez os vínculos do aluno com a instituição. 

Ao contrário do trancamento, que tem a obrigatoriedade de o aluno estudar na instituição por, no mínimo, 1 semestre, o cancelamento pode ser feito a qualquer momento. 

A maneira como acontece a volta ao curso também é diferente. 

Se o aluno trancar a faculdade, ele pode voltar dentro do período estipulado de onde parou.

Porém, se cancelar, precisa fazer o processo seletivo novamente. 

E o que é o abandono de curso? 

Já o abandono de curso acontece quando o aluno, simplesmente, para de frequentar as aulas ou não renova seu vínculo com a instituição. 

Pode acontecer no meio do semestre ou no momento de fazer a rematrícula.

No primeiro caso, as cobranças de mensalidades continuam sendo feitas até o final do período letivo. E se o aluno não fizer a rematrícula, esse valor não precisa ser pago.

Ou seja, a instituição não pode continuar cobrando se não houver rematrícula, apenas se o aluno quiser voltar para a mesma instituição algum tempo depois. 

Independente da escolha que você fizer, cancelamento, trancamento ou abandono, procure se informar junto à faculdade sobre as consequências da sua escolha. 

Isso porque, de acordo com o Ministério da Educação e Conselho Nacional de Educação, não há uma lei regulamentando o trancamento de matrícula em instituições privadas.

Logo, cada faculdade cria seu próprio regulamento interno.

como trancar a faculdade - corredor de biblioteca de faculdade vazio

O que leva um aluno a trancar a faculdade

Se você chegou até este texto é porque tem dúvidas sobre se deve ou não trancar a faculdade.

Então, vamos explorar um pouco os motivos que podem ter levado você até esse impasse. 

Dúvidas sobre o curso escolhido 

Essa é uma das maiores causas de trancamento, cancelamento e abandono de graduação.

Essa dúvida pode ser considerada como um fator cultural. 

Isso porque, no Brasil, muitos alunos saem do ensino médio sem terem certeza do que querem fazer e, por pressão, acabam escolhendo um curso que pode não ter muito a ver com suas aspirações. 

Problemas financeiros 

Fazer um curso em uma instituição privada não é algo com o qual todos os brasileiros podem arcar com tranquilidade. 

Por isso, muitos dos casos de evasão do ensino superior se dá pela falta de dinheiro ou reajuste de prioridades. 

Necessidade de pausa 

Outra questão que pode levar ao trancamento é a necessidade por uma pausa. Vivemos tempos nos quais a rotina fica agitada com trabalho, estudo e compromissos com família e amigos. 

E isso pode levar uma pessoa ao cansaço extremo e, até, ao burnout.

Por isso, muitas pessoas trancam a faculdade por precisarem descansar um pouco. 

Antes de trancar a faculdade, conheça algumas soluções

Se você se identificou com algum dos motivos que expomos acima, ou com mais de um deles, talvez o trancamento seja mesmo a solução que você busca. 

Porém, antes de trancar a faculdade, responda algumas perguntas e leve alguns pontos em conta: 

  • Você conhece todas as opções que a graduação atual oferece como profissão? 
  • Você já conversou com um profissional da área para saber como é o mercado? 
  • Um estágio na área poderia ajudar na sua escolha? 
  • O que você ganha se trancar a faculdade? E o que você perde? 

Respondendo essas perguntas, você consegue ter um panorama para decidir se essa é a melhor decisão a se tomar no momento. 

Como solucionar os problemas mais comuns 

Além disso, também existem algumas soluções a se considerar antes de trancar a faculdade, dependendo do seu motivo. Confira: 

  • Se você está com pouco tempo para estudar, que tal considerar transferir o seu curso para uma instituição online? Dessa maneira, você não deixa de estudar e receber seu diploma, mas consegue gerenciar melhor o seu tempo de estudo e atividades do curso. 
  • Se você está com problemas financeiros, já verificou os descontos e bolsas que a sua faculdade (e outras faculdades) podem oferecer? Existem instituições que oferecem descontos e benefícios pensando justamente em evitar que você tranque o seu curso. E se a instituição não oferecer, existem outras faculdades para onde você transfere o seu curso e ganha descontos. 
  • Se você realmente escolheu o curso errado, já pensou em fazer transferência dentro da própria instituição ou para outra faculdade? Assim você evita parar de estudar e garante que vai se formar em algo que você gosta. 

E se ainda assim, você quiser trancar a faculdade, está tudo bem. Esse é um direito seu. 

Trancar a faculdade é um direito de todo estudante 

Apesar de não existirem leis claras sobre o trancamento, cancelamento e abandono de curso, existem diretrizes no código do consumidor que regulamentam o ato de trancar uma faculdade privada. 

O Código de Defesa do Consumidor fala especialmente sobre a prática abusiva de cobrança de taxas ou de mensalidades para realizar o trancamento. 

Conforme prevê o artigo 51, IV, § 1º do Código do Consumidor, qualquer cláusula contratual criada pela instituição de ensino para obrigar o aluno ao pagamento, deverá ser considerada nula. 

Ou seja, a instituição não pode cobrar que você pague qualquer valor como taxa para fazer o trancamento e nem cobrar as mensalidades que você tenha eventualmente deixado em aberto. 

Além disso, as mensalidades devem ser suspensas durante o período em que você ficar afastado. Existe, inclusive, orientação do Superior Tribunal de Justiça - STJ nesse sentido.

como trancar a faculdade - como saber que chegou a hora do trancamento de curso

Passo a passo para trancar a faculdade 

Estando decidido a trancar a faculdade, começam as preocupações com os próximos passos. Ou seja, como trancar a faculdade de fato. 

Antes de tudo, é preciso dizer que cada instituição pode ter o seu processo, então o primeiro passo é conhecer como o trancamento funciona na instituição que está cursando. 

Para isso, basta procurar a secretaria acadêmica e informar-se sobre os procedimentos burocráticos. Pergunte como funciona, com quem você precisa falar e quais documentos precisa apresentar. 

Depois disso, é só seguir os passos dados pela secretaria. 

Faculdade trancada, o que fazer agora? 

Depois de trancada a faculdade, você tem algumas opções e caminhos a seguir. E esses caminhos dependem do motivo que fizeram você trancar a faculdade. 

Matrícula em um novo curso 

Se o motivo do trancamento foi o curso, um caminho a seguir depois de trancar a faculdade é buscar uma nova graduação. 

É possível que você já tenha uma nova carreira em mente, mas caso não saiba, esse é um bom momento para fazer um teste vocacional. 

Esta é uma ferramenta que identifica as áreas do conhecimento com as quais você se identifica e aquilo que motiva você a trabalhar. 

Destrancar a faculdade 

Mas também existe a possibilidade de você querer aproveitar a situação do trancamento para organizar suas finanças, objetivos pessoais e descansar. 

Então, quando decidir destrancar a faculdade, precisa se informar com a secretaria da instituição. 

Em geral, como já citamos, você pode fazer a rematrícula dentro do prazo de dois anos desde o trancamento e manter as disciplinas já concluídas no seu histórico. 

Porém, ao voltar, fique atento ao caso de ter havido mudanças no currículo do curso. 

Isso implica em você, talvez, precisar fazer novas cadeiras pertencentes aos semestres que você já tinha concluído. 

Conclusão 

Chegando ao final deste conteúdo, esperamos que você tenha conseguido entender tudo o que envolve trancar a faculdade. 

Esse é um processo que pode acontecer com qualquer pessoa, o importante é fazer aquilo que vai trazer satisfação profissional para você. 

E pensando nisso, queremos aproveitar esse espaço para dar uma dica especial para você que pensou em trancar a faculdade porque quer fazer outro curso ou mudar de instituição de ensino: peça transferência para a FAESA! 

Você ganha até 35% de desconto transferindo sua graduação e 20% de desconto durante todo o curso a partir do segundo semestre. 

É a sua chance de estudar o que você gosta no 3º melhor centro universitário do país.

Conheça todas as condições dessa oportunidade aqui. 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Leia também: