Enem

Max Weber: principais obras e conceitos [Sociologia no Enem]

Por Redação   | 

 Tag: Enem

As principais obras de Max Weber são utilizadas até hoje para o estudo da sociedade.

Ele foi um dos sociólogos mais importantes da história, pois contribuiu com muitos ideais e entendimentos que temos atualmente.

Por isso, conhecer sobre sua história, suas teorias e pensamentos é primordial para quem vai fazer a prova do Enem, já que seus conceitos de Sociologia são muito comuns na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Saiba mais sobre Max Weber, suas principais obras e entenda seus conceitos!

Você vai conferir:

Quem foi Max Weber?
As principais obras de Max Weber
Conceitos de Max Weber que aparecem no Enem

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Quem foi Max Weber?

Max Weber foi um sociólogo que viveu entre 1864 e 1920 e teve suas maiores contribuições voltadas ao entendimento da sociedade levando em consideração os comportamentos de um ambiente.

Foi um dos precursores da chamada Sociologia Econômica, que acredita que os fenômenos sociais e econômicos influenciam no ser humano e suas ações.

Porém, seus estudos são diferentes do de Karl Marx, por exemplo, que tinha uma visão mais crítica sobre o capitalismo, enquanto Weber via pontos positivos em algumas questões.

Para Max Weber, o ser humano toma suas ações com influência das ações sociais, que podem ser racionais ou irracionais.

Os fenômenos sociais, portanto, seriam uma “teia” na qual os seres humanos estão “presos”, pois suas ações seguem esse modelo.

Para ele, esse era o papel do sociólogo: compreender o sentido das ações sociais e explicar a lógica por trás delas.

Uma de suas maiores contribuições foi a chamada “Sociologia da Teologia”, que buscou entender como a relação entre a religião e os comportamentos da sociedade (tema de sua obra mais famosa).

Ou seja, entender o que faz com que as pessoas ajam de certa maneira, dependendo dos comportamentos sociais do meio no qual vivem.

Esses pensamentos e conceitos ficam bastante claros nas principais obras de Max Weber, sendo que algumas delas foram publicadas, inclusive, depois da morte do filósofo. 

Seus trabalhos tiveram influência em todo o estudo da sociologia nas décadas seguintes e, por isso, seus conceitos são muito cobrados no Enem, pois indicam conhecimento mais amplo sobre a sociedade.  

As principais obras de Max Weber 

Todos esses conceitos de sociedade defendidos por Max Weber podem ser encontrados em suas principais obras.

Esses livros foram utilizados nas décadas seguintes de suas publicações como norte para várias teorias e estudos e, por isso, são tão relevantes na área da Sociologia.  

“A ética protestante e o espírito do capitalismo” (1905) 

É o livro mais conhecido de Max Weber pois conta com suas principais teorias, como a sociedade da teologia, teoria das ações e da dominação.

Nessa obra ele destaca como o protestantismo está relacionado com o capitalismo ocidental.

Isso porque essa vertente do cristianismo enxerga o sucesso financeiro como bênção divina.

Assim, a busca por isso se torna mais forte, além de estimular um comportamento metódico, disciplinado e mais racional.  

“A ciência como vocação” (1917) 

Esse livro foi escrito a partir de uma palestra feita por ele, em que se discutia o papel da Ciência e do cientista na sociedade.

Discute-se também as vantagens e as desvantagens de uma carreira científica e acadêmica.

Além disso, também foca no relacionamento que o cientista precisa ter com sua pesquisa, pois entende que trabalhar com isso precisa ser uma vocação, a fim de tornar os estudos realmente significativos para a sociedade como um todo.

Max Weber principais obras e conceitos Sociologia no Enem

“A política como vocação” (1919) 

Também criado a partir de uma palestra realizada por Weber, o texto é importante pois definiu o conceito de Estado que passou a ser utilizado como referência no pensamento político ocidental.

É também nesse texto que o autor fala sobre uma de suas principais teorias, a da Dominação, que veremos logo mais.

Assim, tal obra definiu também muitas das ideologias surgidas no século XX.  

“Economia e Sociedade” (1920) 

É uma obra póstuma, mas ganhou tanta relevância que ficou conhecida como a mais importante de todos os trabalhos de Weber.

Nesse livro, o sociólogo reafirma o entendimento de que o Estado perpetua e legitima a violência.

É também nessa obra que ele faz uma relação maior entre sociedade e economia, sendo que esse livro contribuiu para o surgimento da vertente de Sociologia Econômica.

Conceitos de Max Weber que aparecem nas questões do Enem 

Como foi visto, Max Weber teve grande influência nos ideais de sociedade, política e economia.

Por isso, é de se esperar que seus conceitos sejam cobrados no Enem, que busca ter conteúdos interdisciplinares e com conhecimentos sobre esses temas.

Confira e entenda, a seguir, os 4 conceitos de Max Weber que mais caem no Enem.   

Ação social

De acordo com o sociólogo, ação social é um tipo de conduta do indivíduo que tem influência também a todos que são afetados de alguma forma com aquela ação.  

Basicamente, é a ideia de que uma ação só acontece quando um ser humano entra em contato com outro e esse outro performa algo de acordo com a primeira ação.

Assim, uma ação influencia as outras, tornando-a, em larga escala, social.  

Tipo ideal

O tipo ideal é um instrumento para análise defendido por Weber.

Segundo ele, é preciso criar um tipo ideal e fazer suas pesquisas de acordo com esse “padrão”, que é mais “cru” e não sofre influências.

É um mecanismo de análise, como se fosse o padrão pelo qual todas as outras pessoas serão “analisadas”.

A ideia não vale apenas para indivíduos, mas também para ideologias, cultura e outros elementos da sociedade.  

Racionalização do mundo social 

Como vimos anteriormente, Weber entendia que as ações dos indivíduos podiam ser racionais ou irracionais.

No caso da racionalização, o conceito refere-se à capacidade de enxergar o mundo social com uma visão mais analítica.

Nesse sentido, existem as racionalidades prática, formal, teórica e substantiva.

Esse é um conceito bastante utilizado no entendimento de Ciência, que visa encontrar essas explicações lógicas para o mundo e para a sociedade.  

Teoria da Dominação 

Uma das teorias mais importantes de Max Weber.

Para o filósofo, a dominação e o poder andam juntos e, segundo ele, a dominação é a aceitação e a subordinação dos indivíduos sob o poder exercido por alguém ou algo.  

Ele aponta que existem três tipos de dominação: 

  • Dominação legal: feita a partir de uma convenção social, de que é preciso fazer algo pois é o aceito e o convencionado pela sociedade;
  • Dominação tradicional: acontece pelo respeito à tradição e ao sistema vigente, quando o comportamento é influenciado pelo respeito ao que já existe;
  • Dominação carismática: ocorre pela capacidade de uma pessoa de mobilizar outras em massa e de comandá-las de alguma maneira.

Conhecer as principais obras de Max Weber e os principais conceitos de suas pesquisas é algo que não pode faltar nos seus estudos para o Enem.

Agora, confira também o que é a Escola de Frankfurt, um movimento que mudou a maneira como a sociedade entendia a Cultura!

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.