Você já ouviu falar de headhunter? Se você está buscando um cargo de liderança ou especialista em uma grande organização, é essencial que conheça mais sobre esse profissional. 

Ele é responsável por levar os melhores talentos do mercado para dentro das empresas, sendo um profissional chave nos processos seletivos.

Neste artigo, falaremos mais sobre o headhunter e traremos algumas dicas para você chamar a atenção de um. Fique conosco!

Aqui você vai conferir:
O que significa headhunter 
Mas o que faz um headhunter na prática?
A diferença entre headhunter, jobhunter e recrutador 
Como chamar a atenção de um headhunter 
Conclusão

Descubra como ter um currículo poderoso: passo a passo para montar o seu

O que significa headhunter 

Em tradução livre, headhunter significa “caçador de cabeças”. 

Pode parecer meio estranho, por isso é importante ressaltar que o sentido desse termo é bem mais amplo. 

A palavra “cabeça” não se refere exatamente ao corpo humano, mas sim a ideia de topo, enfatizando que o hunter procura por profissionais para assumir cargos altos.

Headhunter é o profissional que busca profissionais para vagas e áreas específicas –  normalmente são cargos de lideranças e especialistas. 

Seu objetivo é encontrar pessoas altamente qualificadas. Ele fará o papel de intermediário entre a empresa e o candidato, encontrando o perfil ideal.  

Por ser responsável pela contratação de profissionais de alta relevância, o headhunter desempenha um papel extremamente estratégico dentro de uma organização. 

Por mais que pareça uma posição de trabalho nova, existem diversas empresas que recorrem aos hunters em seus processos seletivos — e isso não é de hoje.

Os primeiros headhunters surgiram entre os anos 1950 e 1960 na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos — lembrando que nessa época eles ainda não tinham esse nome! 

Nessa época, companhias menores encontravam dificuldades para recrutar profissionais adequados às posições de liderança. Havia uma carência muito grande de gerentes realmente qualificados. 

Então, essas empresas começaram a recorrer a consultores de recursos humanos experientes, que conheciam bem o mercado e tinham uma ampla rede de contatos, encarregando-os dessa busca pelos gerentes ideias. 

Assim, com o passar do tempo, o trabalho do headhunter começou a se consolidar e a se estruturar como profissão.  

Na atualidade, contar com os serviços de headhunter é o meio mais comum para selecionar trabalhadores especializados e de alta performance.

Mas o que faz um headhunter na prática?

Você já sabe que o headhunter é contratado para fazer um processo seletivo mais avançado de recrutamento e seleção, com objetivo de preencher uma ou mais vagas específicas, certo? Mas, como na prática esse profissional atua?

Claro que cada processo seletivo é personalizado para atender a demanda da empresa, mas é possível elencar algumas atividades em comum a todas esses profissionais, confira:

  • Contatar e atrair profissionais altamente qualificados para preencher as vagas em questão – estejam eles em busca de recolocação ou empregados em outras organizações;
  • Conhecer e alinhar os desejos e necessidades da empresa contratante;
  • Fazer estudos aprofundados do mercado para entender o que é esperado dos cargos em questão;
  • Avaliar o conhecimento técnico, comportamental e as qualificações dos candidatos, por meio da aplicação de testes, entrevistas, dinâmicas, levantamento de informações sobre empregos passados e referências;
  • Construir uma rede de contatos (networking) relevante para buscar os melhores talentos em diversas áreas; 
  • Apresentar profissionais alinhados à vaga, dando suporte para uma tomada de decisão assertiva;
  • Caso o candidato escolhido esteja empregado, negociar vantagens competitivas para que deixe seu trabalho atual (se for o caso) e escolha a vaga ofertada pela empresa.
o que é headhunter - profissional sorridente no ambiente de trabalho

A diferença entre headhunter, jobhunter e recrutador 

Se você chegou até aqui, pode estar se perguntando: mas qual a diferença entre headhunter, jobhunter e recrutador? São tantos termos que nos deparamos no mercado de trabalho que é comum ficar um pouco confuso. 

O principal diferencial está no foco de cada um desses profissionais. 

Diferente do headhunter, que trabalha para uma empresa, o job hunter faz o caminho inverso. Ou seja, ele é contratado por pessoas que procuram recolocação profissional, mudança de carreira, entre outros objetivos. 

O job hunter auxilia os profissionais a encontrar uma vaga que atenda suas necessidades e expectativas de carreira. Ele também pode atuar como um mentor ou coach, dando dicas, treinamentos e cursos para esses profissionais. 

Já o headhunter, como vimos ao longo do artigo, geralmente é admitido pelas empresas para procurar o melhor profissional no mercado. Essa é a principal diferença entre esses profissionais. 

Contudo, mesmo que possuam enfoques diferentes, tanto os job hunters quanto headhunters ajudam a colocar os candidatos certos nas vagas certas, de modo que a admissão seja benéfica para a empresa e para o novo funcionário. 

Mas e o recrutador? Ele é o responsável pelo recrutamento e seleção dentro de uma empresa e também tem como objetivo trazer os melhores candidatos para a companhia. Parece a mesma função de um headhunter, não é mesmo? Mas não é!

O recrutador tem processos estruturados para recrutar e selecionar um número grande de candidatos para a empresa. Ele faz a triagem de currículos, anúncio de vagas, entrevistas, entre outras atividades relacionadas ao preenchimento de vagas.

Como ele tem uma atuação muito mais ampla, o recrutador não faz uma busca minuciosa de talentos como headhunter. Seu papel é mais passivo em relação a isso.

Sua principal função é entender e analisar as aplicações aos anúncios de vagas da empresa, e não buscar ativamente novos profissionais.

Como chamar a atenção de um headhunter 

Se você busca um cargo de liderança ou de especialista em uma empresa, saiba que é bem possível que você tenha que lidar com um headhunter nesse processo. Mas como chamar a atenção desse profissional? 

Além de ser altamente qualificado, existem algumas dicas que podem ajudá-lo a ser reconhecido pelos headhunters. Confira abaixo:

1. Seja visto e reconhecido

Sabe aquele ditado famoso que diz que quem não é visto não é lembrado? Bom, para o mercado de trabalho ele também vale!

Você pode ser um profissional extremamente qualificado em sua área de atuação, mas se você não é reconhecido como tal é pouco possível que os headhunters o encontrem.  

Mais do que fazer um bom trabalho, você deve mostrar os resultados de seu trabalho e aquilo que o faz referência na sua profissão. 

Por isso, faça postagens no Linkedin, publique artigos, participe de eventos e conferências em seu campo profissional. Fale sobre suas conquistas e resultados que você alcançou. Isso aumentará sua visibilidade e garantirá que os headhunters chegarão até você. 

Afinal, se você é reconhecido como um expert ou especialista, você tem uma chance maior de ser identificado.

2. Use as redes sociais ao seu favor

Não tenha medo de usar as redes sociais, especialmente o Linkedin. Elas são uma ótima porta de entrada para novos contatos e também aumentam a sua visibilidade. 

Para isso, mantenha seu perfil sempre organizado e atualizado. Um perfil com boas recomendações e que saiba usar bem palavras-chaves pode ser encontrado por um headhunter mais facilmente. 

3. Invista no seu networking 

Para chamar a atenção de um headhunter, primeiro você terá que chegar até ele. E muitas vezes, a indicação pode vir de um antigo gestor ou de colega de trabalho. A rede de contatos (networking) é essencial para que o headhunter encontre você. 

Por exemplo: um headhunter que busca um gestor na área de marketing vai contatar as principais referências na área para saber quais os melhores profissionais para o cargo. Por isso, ter um bom networking é essencial para ser notado.

Converse com seus colegas de profissão, troque experiências e certifique-se de criar uma boa rede para não perder nenhuma oportunidade. 

4. Trabalhe habilidades além do campo técnico

Você já sabe que os headhunters procuram por profissionais altamente qualificados, certo? Mas, o que talvez você ainda não saiba é que a qualificação não tem a ver apenas com a parte técnica de um profissional. 

Os headhunters buscam profissionais para cargos altos, e eles devem ter também habilidades interpessoais — as chamadas soft skills

Essas habilidades comportamentais são fundamentais para o dia a dia detrabalho e um fator crucial nos processo seletivo dos headhunters. 

Por isso, além de fazer cursos e treinamentos em sua área, também invista no seu desenvolvimento pessoal. Isso certamente o deixará mais perto de um headhunter e da sua vaga dos sonhos. 

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre headhunter, explicando como funciona o trabalho desse profissional e como ele pode fazer a diferença na sua carreira. 

Se você gosta de conteúdos sobre mercado de trabalho, não deixe de conferir outros textos do EAD FAESA:

Receba dicas infalíveis para se sair bem na entrevista de emprego!

Inscreva-se no nosso Blog

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que você achou dessa publicação?

Deixe o seu comentário abaixo.

BUY On HUBSPOT