Ensino Superior

TCC: o que é, como fazer, estrutura e dicas

Por Redação   | 

 Tag: Ensino Superior

O que é TCC? Como começar? Qual a estrutura do trabalho? Se você está chegando ao final da sua graduação e está se preparando para fazer o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), certamente essas perguntas já vieram à sua mente.   

O TCC é um dos momentos mais importantes da vida acadêmica e um dos últimos passos para alcançar o sonhado diploma.   

Contudo, é muito comum ter dúvidas sobre como começar a produzir esse trabalho. Afinal, ele envolve muito mais pesquisa e estudos do que qualquer outra atividade acadêmica.  

Pensando nisso, o EAD FAESA preparou um artigo exclusivo para explicar o que é TCC e quais as principais características desse trabalho. Fique conosco e esclareça todas as suas dúvidas.   

Confira: 
Afinal, o que é TCC? 
Qual a importância do TCC? 
Para quais cursos o TCC é obrigatório? 
Como começar o TCC? 
Como é a estrutura do TCC? 
Regras da ABNT para o TCC 
Como funciona a apresentação do TCC? 
Conclusão 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Afinal, o que é TCC?  

Assim como o nome sugere, o TCC é um trabalho realizado na etapa final da graduação, sendo um importante instrumento de avaliação do aluno e um dos últimos passos para conquistar o diploma.  

Esse trabalho costuma ser desenvolvido no último ano da faculdade, momento em que o aluno já cursou boa parte das disciplinas e consegue construir uma pesquisa aprofundada sobre um assunto trabalho durante a graduação.   

Essa pesquisa a ser realizada no TCC consiste em uma análise profunda de um tema relacionado ao curso de graduação.   

Para isso, os alunos devem identificar uma problemática, levantar dados e base teórica sobre o assunto, propor um diagnóstico e, por fim, tecer reflexões e conclusões sobre o assunto.   

O TCC é desenvolvido sob a orientação de um professor integrante do corpo docente da universidade. 

O orientador é responsável por acompanhar o aluno no processo de pesquisa e produção do TCC, auxiliando a encontrar a melhor metodologia de pesquisa, indicando leituras e sugerindo correções e melhorias.   

Depois de concluído, o TCC passa por uma banca examinadora, composta por professores e profissionais convidados. Essa banca estudará toda a defesa do trabalho e decidirá a nota final.  

O formato do TCC pode variar de acordo com a instituição de ensino. O mais comum é a monografia, mas algumas aceitam trabalhos e pesquisas em grupo e artigos científicos.   

Contudo, apesar de cada universidade contar com suas particularidades, o que todas precisam seguir obrigatoriamente nos trabalhos finais são as normas estabelecidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).  

Qual a importância do TCC?  

Além de ser um trabalho essencial para conquistar o diploma, o TCC também é importante para a formação acadêmica e para a vida profissional dos alunos.   

Grande parte dos TCCs propõem novos olhares, identificam tendências e trazem reflexões importantes dentro de sua área de estudos.   

Esses conhecimentos podem ser aplicados na grande maioria das vezes, trazendo grandes benefícios para um grupo de pessoas ou para a sociedade em geral.  

Além disso, para aqueles que sonham em seguir carreira acadêmica, o TCC pode ser um importante passo no meio da pesquisa, abrindo as portas para diversas oportunidades na área.   

O TCC também pode ser fundamental para a carreira profissional do aluno. Afinal, pesquisas inovadoras costumam ser destaque no mercado de trabalho.   

Para quais cursos o TCC é obrigatório?  

O TCC é atividade acadêmica-científica optativa. Ou seja, cada instituição de ensino superior determina se sua entrega faz ou não parte da grade curricular  

Contudo, a grande maioria dos cursos, tanto presenciais quanto EAD, exigem a entrega do TCC ao final da graduação, sendo fundamental e obrigatório para conquistar o diploma.  

Para saber se o seu curso exige ou não entrega de TCC, consulte a grade curricular da graduação. Lá, é possível conferir todas as disciplinas e atividades acadêmicas que o aluno deve cumprir.   

Atualmente, dentre os cursos superiores, é comum encontrar apenas tecnológos que não exigem TCC.   

Como começar o TCC? 

o que é tcc - livro em primeiro plano e fundo de biblioteca desfocado

Agora que você já sabe o que é TCC, provavelmente deve estar se questionando como começar esse trabalho.   

Abaixo, trazemos um pequeno passo a passo para iniciar a produção do TCC. Confira:  

1 - Escolha a temática  

O primeiro e mais importante passo para fazer o TCC é escolher o assunto que vai ser abordado no trabalho.   

Durante a graduação, os alunos têm contato com diversas disciplinas e temáticas que podem ter despertado mais ou menos interesse.   

Dessa forma, é importante identificar um tema com o qual o aluno tenha afinidade. Afinal, o TCC é um trabalho extenso e que exige muita dedicação.   

Escolher uma temática interessante torna o processo mais agradável e, consequentemente, garante um resultado melhor.   

Se o aluno já desenvolveu algum trabalho científico durante o seu curso ou participou de algum projeto de extensão, é possível extrair deles algo que lhe desperte o interesse.   

Outra dica é conversar com colegas e professores. Afinal, muitas sugestões e ideias podem surgir desses diálogos.   

Além de um tema interessante, é essencial selecionar um assunto que seja possível de trabalhar no período de produção do TCC  ou seja, um semestre.   

2 - Entre em contato com o professor orientador  

Depois de escolher a temática, é hora de buscar o professor orientador.   

Selecione um professor que domine o assunto que você pretende pesquisar. Afinal, um professor especializado no seu assunto vai estar mais capacitado para acompanhar e orientar a produção do trabalho.   

Um bom relacionamento entre orientador e orientando também é essencial.   

Procure um professor que tenha a mesma linha de pensamento que a sua e com quem você cultive uma boa relação.   

O TCC é uma etapa importante da graduação, certifique-se de ter o melhor orientador acompanhando-o nesse processo.   

3 - Conheça as regras da sua universidade  

Como mencionamos anteriormente, cada instituição possui um formato e estrutura de TCC.   

Para explorar as possibilidades do seu trabalho da melhor maneira, é necessário entender o tipo de trabalho que a sua universidade permite e qual se encaixa melhor na sua ideia.  

Normalmente, nos sites das universidades, é comum encontrar um documento que cita todas as exigências e regras do TCC.   

Busque por essas informações e se certifique de estar fazendo tudo nos conformes.   

4 - Defina um cronograma  

O TCC é um trabalho que envolve muita pesquisa e leitura, sendo um projeto de longo prazo.   

Em função disso, para que o aluno não se perca no processo de desenvolvimento, é indispensável definir um cronograma com datas limites e estabelecer prazos para cada etapa.   

Esse cronograma pode ser traçado junto ao orientador, incluindo os dias de reunião e entrega de capítulos.   

Com essa organização, você garante que terá o melhor desempenho possível no TCC.

Como é a estrutura do TCC?  

O TCC não tem uma estrutura universal, contudo, existem alguns requisitos e opções estruturais comuns à maioria dos trabalhos.  

Quase todos os TCCs são divididos em três partes: elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais.  

Os elementos pré-textuais são aqueles itens que vem antes do trabalho efetivamente, como capa, folha de rosto, folha de aprovação, agradecimentos, resumo, sumário, listas de abreviaturas ou siglas.   

Dentre todos os elementos que mencionamos, nessa parte, o mais importante e obrigatório para todos os TCCs é o resumo  

Depois da parte pré-textual, vêm o “miolo” do trabalho, que é composto pelo referencial teórico e a análise e discussão da temática abordada pelo TCC.   

Os elementos textuais são a introdução, o desenvolvimento e a conclusão. Essa parte costuma ser dividida por subtítulos.   

Por fim, o trabalho é composto por elementos pós-textuais, onde entram as referências bibliográficas, apêndices e anexos.   

Ou seja, de forma geral, poderíamos dizer que a estrutura do TCC funciona da seguinte forma:  

  • Capa 
  • Folha de Aprovação 
  • Agradecimentos 
  • Resumo  
  • Introdução 
  • Desenvolvimento 
  • Conclusão 
  • Referências bibliográficas 
  • Apêndices e Anexos  

Lembramos que essa é uma estrutura geral, cada universidade tem suas regras e exigências que podem destoar desse modelo.   

Regras da ABNT para o TCC

o que é tcc - homem sentado escrevendo em livro

Por mais que a estrutura do TCC seja variável, a formatação do trabalho deve seguir um padrão.   

O Trabalho de Conclusão de Curso deve ser formatado de acordo com as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).  

Abaixo, apresentamos algumas das orientações da ABNT para TCCs. Confira: 

Fonte   

De acordo com a ABNT, a fonte utilizada deve ser de cor preta, Arial ou Times New Roman e tamanho 12 para o corpo do texto.    

Legendas, notas de rodapé, tabelas e citações acima de 3 linhas devem ser escritas com tamanho da fonte 10.   

O itálico é utilizado apenas para palavras em outros idiomas, com exceção de expressões latinas.  

Margens e espaçamentos  

As páginas do TCC devem ter margens com 2 cm na parte direita inferior e 3cm na parte esquerda superior.   

O espaçamento deve ser de 1,5 entre as linhas.  

Citações  

O TCC é um trabalho composto por muito referencial teórico, sendo essencial creditar autores durante o texto.   

Todas as citações do TCC, tanto diretas quanto indiretas, devem seguir o padrão da ABNT.   

Abaixo, explicamos e detalhamos mais cada uma:  

  • Citação direta  

É a citação que faz uma cópia idêntica ao texto de origem, ou seja, é um trecho copiado na íntegra.  

Para fazer essa citação, deve-se considerar o último nome do autor, o ano de publicação da obra e o número da página onde se encontra o trecho.   

O nome do autor deve estar em caixa alta, o trecho deve ser destacado com aspas. O espaçamento entre as linhas deve ser simples.   

Exemplo: “Eu quero a vida. Com todos os riscos”, (ABREU, 2021, p. 40)  

  • Citação direta longa  

As citações diretas longas são aquelas que têm mais de três linhas. Essas citações devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda e tamanho de fonte 10.   

Elas dispensam o uso de aspas. O espaçamento entre as linhas também deve ser simples.  

Ao final deve ser acrescentado o sobrenome do autor em caixa alta, ano e página.  

  • Citação indireta  

É quando o trecho de um outro artigo ou análise é reescrita com outras palavras.  

Nesse caso, não é utilizado nem o recuo e nem as aspas, apenas a citação do último nome do autor do texto e o ano de publicação da obra entre parênteses.  

Exemplo: Segundo Fulano (2011), o marketing pode ser considerado uma carreira muito promissora.   

Referências bibliográficas  

As referências bibliográficas são parte importante do TCC e devem estar formatadas da maneira correta.  

Elas reúnem todas as informações coletadas que serviram como base para a elaboração do material teórico do projeto.   

As referências devem ser listadas em ordem alfabética com base no sobrenome do autor.  

Confira o exemplo:  

SOBRENOME, Nome abreviado. Título: subtítulo. Edição. Local de publicação: Editora, data de publicação da obra.

Como funciona a apresentação do TCC?  

Agora que você já sabe o que é TCC e como é a estrutura e formatação deste trabalho, vamos trazer algumas informações sobre a apresentação.  

A apresentação final do TCC é o momento em que o aluno expõe de forma resumida sua pesquisa para uma banca examinadora.   

Essa banca é composta por mestres, doutores e profissionais da área que possuem conhecimento sobre o tema em questão. Normalmente, é o aluno, junto ao orientador, que seleciona os profissionais que irão compô-la.   

A apresentação costuma ter entre 20 e 30 minutos de duração. Após as considerações do autor, a banca faz seus pareceres sobre o trabalho e, posteriormente, divulga a nota obtida pelo aluno.    

Conclusão  

Neste artigo, falamos sobre TCC, explicando o que é, como começar e como funciona a estrutura do trabalho.   

Abaixo, selecionamos mais alguns textos do EAD FAESA que podem ajudar os graduandos nesse momento do curso. Confira: