Enem

O que fazer com os textos motivadores da redação do Enem?

Por Mariana Bortoletti   | 

 Tag: Enem

Você sabia que os textos, instruções e gráficos que aparecem no enunciado da redação do Enem se chamam textos motivadores? E você sabe como utilizá-los a seu favor? 

Os textos motivadores são o conjunto de referências dadas ao candidato para explicar o tema da redação do Enem e deixar claro para ele a direção em que precisa ir. 

Esse conjunto não precisa ser necessariamente formado por textos, ele pode conter infográficos, dados de pesquisas e até mesmo charges e tirinhas. 

O essencial a se entender sobre os textos motivadores é que eles dão uma base de referência sobre o tema da redação da edição do Enem em questão e que, apesar disso, não podem ser copiados. 

Neste artigo, vamos falar sobre o que são os textos motivadores, como você pode utilizá-los para compor sua redação do Enem e os cuidados que precisa tomar. 

Você vai conferir: 

Para que servem os textos motivadores do Enem
Como usar (e não usar) os textos motivadores
Os textos motivadores da redação do Enem 2021
Conclusão

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Para que servem os textos motivadores no Enem 

Todo processo seletivo que pede uma redação, seja o Enem, vestibulares ou concursos, apresenta uma proposta de redação. 

Esta proposta é formada pelo tema selecionado para aquela edição, as instruções dadas ao candidato e um conjunto de textos verbais e não verbais. 

Em concursos e vestibulares, esse conjunto tem o nome popular de coletânea textual. Porém, no Exame Nacional do Ensino Médio, a coletânea textual é chamada de textos motivadores. 

Dentro do Enem, os textos motivadores têm a função de fazer o recorte temático da proposta da redação e motivam o candidato a pensar sobre o assunto, refletir e se inspirar para escrever. 

Como dissemos, os materiais que compõe a coletânea textual do Enem podem ser verbais (em formato de textos, reportagens, trechos de livros, etc.) e não verbais (gráficos, infográficos, charges, peças publicitárias, tirinhas, mapas, etc.). 

E embora sejam parte essencial do contexto para a escrita da redação, os textos motivadores devem ser vistos como o pontapé inicial e não como a única referência do candidato. 

Por isso, você não deve citar ou copiar trechos desse enunciado na sua redação. 

Como usar (e não usar) os textos motivadores na redação do Enem 

Embora existam concursos e vestibulares que orientem os candidatos a utilizar a coletânea textual como referência para escrever, no Enem isso não é indicado. 

A Cartilha de Redação do Enem dita que os textos motivadores devem ser utilizados em conjunto com a proposta de redação como base para que o candidato entenda o que está sendo solicitado. 

Ela também diz o que você NÃO pode fazer com a coletânea textual. Confira: 

  • Copiar trechos dos textos motivadores: isso faz com que a banca avalie seu texto em menores níveis de desempenho, ainda mais se você copia os trechos várias vezes. Dependendo da recorrência, você pode, inclusive, ter a redação zerada. 
  • Ficar preso nas ideias apresentadas nos textos motivadores: segundo a cartilha, você até pode se apropriar das ideias apresentadas na coletânea para construir sua argumentação, mas o ideal é utilizar seu próprio repertório sociocultural. 

Esse cuidado garante que você consiga maiores pontuações de acordo com as competências 2 e 3, que são utilizadas para correção das redações do Enem. 

A competência 2 avalia-se as habilidades integradas de leitura e de escrita do candidato. 

Ou seja, é a partir desta competência que o avaliador vai entender se você entendeu a proposta da redação e se fez bom uso dos dados apresentados no enunciado. 

Já a competência 3 avalia se um candidato elabora um texto que apresente, claramente, uma ideia a ser defendida e argumentos que justifiquem a posição assumida na proposta da redação. 

Esta é uma competência que fala sobre coerência entre as ideias apresentadas no texto, o que mostra se você planejou o que iria escrever e fez um argumento conversar com o outro. 

Dentro das competências, existem níveis de desempenho que garantem determinados pontos para os candidatos (o máximo é 200 pontos por competência), e utilizar os textos motivadores como referência diminui bastante os pontos que você pode conquistar em cada uma. 

Veja só: 

  • Se o candidato copiar trechos ou não conseguir desenvolver argumentos para além dos aspectos trazidos na coletânea textual, ele consegue, no máximo, 80 pontos, de acordo com a competência 2. 
  • Se o candidato apresentar argumentos organizados, mas que se limitam aos aspectos presentes nos textos motivadores, ele consegue, no máximo, 80 pontos de acordo com a competência 3. E se estes argumentos estiverem desorganizados, o máximo que o candidato recebe nesta competência é 40 pontos. 

Ou seja, utilize os textos motivadores apenas como ponto de partida e base de entendimento para que sua redação do Enem tenha uma boa nota. 

Os textos motivadores da redação do Enem 2021 

Em 2021, o tema da redação foi “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil” e pedia que os candidatos refletissem, argumentassem e apresentassem uma proposta de intervenção que ajudasse a entender melhor a questão. 

Além das instruções, a página de enunciado da redação também conteve os textos motivadores e a proposta de redação, como você pode conferir na reprodução abaixo: 

textos motivadores proposta de redação enem 2021

Dentro dos textos motivadores, encontramos o trecho de uma tese de doutorado, um trecho de matéria jornalística tendo um mapa ilustrado, uma definição legal e uma peça publicitária. 

De acordo com o Brasil Escola, a presença destes quatro materiais ajuda o candidato a conseguir enxergar além destes argumentos e levanta algumas questões. 

Por exemplo, os Textos I e II podem conversar entre si, trazendo bons recursos para planejar a argumentação da redação. Confira mais exemplos: 

  • O Texto II sugere a barreira monetária como principal motivo para a invisibilização, mas também deixa espaço para que o candidato pense em mais motivos. 
  • O Texto I, por sua vez, mostra uma cena narrada com outras razões, como dificuldade de locomoção e acesso aos centros de registro. 
  • Já o Texto III traz a importância da documentação pessoal e os benefícios que traz consigo, como acesso a outros direitos civis. 
  • E o Texto IV sintetiza tudo isso, trazendo mais uma faceta ao assunto, que é a atuação dos defensores públicos no enfrentamento desta invisibilização. 

Ou seja, em conjunto, os textos motivadores entregam uma série de recursos nas mãos dos candidatos, que se usadas com sabedoria, podem garantir uma redação nota 1000. 

Por falar nisso, confira como o bom uso dos textos motivadores pode gerar uma nota máxima lendo as redações nota 1000 do Enem 2021 neste link. 

Conclusão 

Chegando ao final deste conteúdo, esperando que a função dos textos motivadores e como utilizá-los na sua redação do Enem tenha ficado clara. 

Esperamos que nossas dicas ajudem você a conseguir a melhor nota e conquistar seu lugar no ensino superior! 

Leia também:

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.